terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

RIO DO SUL - SANTA CATARINA


Amigos, deixarei aqui alguns recados que acho serem importantes para nós e também para os nossos alunos.
Não seremos bons professores se formos somente professores.
Não existem ocupações insignificantes nem banais quando o trabalho é executado por pessoas extraordinárias.
Quer guiar a si mesmo use a cabeça, quer guiar os outros use o coração.
Nossa profissão é uma das belas do mundo. Transformamos vidas. As outras profissões também transformam, mas nós transformamos no atacado as outras no varejo. Somos educadores. Educamos o maior predador do planeta. A única espécie que precisa de normas de conduta para que os indivíduos vivam em harmonia entre si. Educamos o único bicho do planeta que precisa do supérfluo para viver. Temos tudo e achamos que nada temos. Mesmo sendo finitos nossos desejos são infinitos, queremos a eterna segurança, o eterno amor, a eterna realidade material. Somos pura emoção. Por isso que a educação sem emoção não possui paladar. Procure tocar a emoção do aluno. A palavra emoção vem do latim emovere que significa aquilo que me movimenta, que mexe comigo.
Forte abraço
Pachecão

2 comentários:

Essência das Letras disse...

Amigo mestre Pachecão,

Parabenizo vc mais uma vez por estar em nosso Estado fazendo o "Show da vida" acontecer, é isso que vc faz. Estou sempre vendo suas postagens de suas viagens e mais uma vez, vc foi Brilhante tenho certeza, na cidade de Rio do Sul, Se pudesse estar presente estaria, todavia, meu reconhecimento deve chegar até vc, por isso, Parabens. E assim como este Brasil inteiro, Te admiro demais. Estou aqui no Sul, mas convicto de que de que ainda sou um escritor iniciante, estou certo de que não existem "ocupações insignificantes" não é mesmo?

Você é mestre, vc é como dizem da India, um "MAHATMA" = Grande Alma.

Abraços amigão, e desejo-lhe ainda mais sucesso.

Com admiração,
ADRIANO GONÇALVES
Escritor - Sombrio/SC
http://essenciadasletras.blogspot.com

Professor Pachecão disse...

Valeu Adriano, pelo carinho. Não existem ocupações insignificantes. Tudo neste mundo é importante. Até o mau cheiro. Se não fosse ele não existiria o perfume. rsrs
Forte abraço
Pachecão