segunda-feira, 18 de maio de 2009

BELO HORIZONTE / MG


Alô amigos, estive hoje pela manhã numa das maiores empresas do setor siderúrgico do planeta a Vallourec & Mannesmann do Brasil. Tive a honra de participar da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do trabalho) contando a minha história de vida, as mudanças que tive que implementar ao longo da caminhada, bem como os desertos que atravessei e que ninguém me viu passar.
Acredito que tudo em nossas vidas passa pela vontade, inclusive Segurança no trabalho. Sabemos que correr riscos é muito importante em nossas vidas exceto quando estamos trabalhando.
Grande abraço moçada e até outro dia.

Pachecão

2 comentários:

Murilo - Bate Papo Cultural disse...

Na manhã desta segunda-feira, 18/05/2009, tivemos a presença do ilustre palestrante Professor Pachecão, que a partir das 08 horas iniciou com muita alegria sua história de vida e o desenvolvimento de seus ideais e sonhos.

O local da palestra, galpãozinho, esteve quase lotado, com todos os participantes envolvidos e alertas a todo tempo da palestra.

A história de um menino vindo do interior, mais precisamente de Laranjal, foi contada com dinamismo e de forma motivacional, pelo mesmo menino de outrora, porém com os sonhos nas mãos, o que manteve todos atentos, pois a maioria, sobretudo quando crianças, têm muitos sonhos e imaginações do que querem ser e fazer, e neste aspecto é que foi desenvolvida a palestra, mostrando através de sua vida e do caminho percorrido, o quanto é possível alcançar os objetivos, mesmo quando parecem absurdos ou afastados da realidade.

Como disse o Professor Pachecão, a realização dos sonhos depende de nós, depende de cada um, tem que querer primeiro, se movimentar, sair da inércia. E sair da inércia pode ser um monte de coisas, como por exemplo: fazer aquele curso que você fica protelando, se envolver ou se comprometer de verdade com as pessoas, com o trabalho, com uma idéia, ou seja, com a vida.

Nesta apresentação, a animação e a energia do Professor Pachecão foi fundamental para que todos se envolvessem e aplaudissem várias vezes, motivados pelas apresentações, vídeos e testemunhos que ilustraram muito bem o que Pachecão teorizava e partilhava com todos os que participaram da palestra. Isso fez que ao final formasse até uma fila para dar um aperto de mão ou um abraço naquele que venceu a falta de recursos e foi conquistar o que é para todos, mas só pertence a quem sai da inércia e busca com determinação, criatividade e fé.

Ao final todos saíram comentando sobre o quanto foi boa a palestra, e foi visível a animação e a energia boa que cada um levou consigo; isso é mudança é sair da inércia.

E é exatamente essa mudança que estamos almejando no campo da segurança do trabalho, e para isso temos que sair de “Laranjal”, ou seja, sair da inércia e ir para a “Globo”, ou seja, alcançar a excelência em segurança do trabalho, transformar em realidade esse valor, o qual é fundamental para vislumbrar o resultado de todo o trabalho, porém se for ao contrário, seria como jogar o trabalho, o esforço e todo aprendizado no lixo.

Então se comprometa, valorize-se e vista a camisa da segurança ocupacional, pois assim todos nós poderemos ver o fruto de ter saído da inércia colocando-se em movimento contra todo ato e condição insegura.

Murilo Oliveira (estagiário V&M)

Professor Pachecão disse...

Meu querido Murilo, seu texto me arrancou lágrimas. Muitíssimo obrigado por todo esse carinho. Realmente o segredo está aí, sair da Inércia, ter foco e fé. O mundo é nosso, afinal somos filhos do Rei.

Forte abraço